O Vestido de Noiva, de Harriet Worsley

>> domingo, 30 de maio de 2010

 
Essa semana, tirei uma folguinha da arrumação do novo apê e fui dar uma passeada por Moema, que é aqui do ladinho de casa. Ao entrar numa livraria, dei de cara com um livro, chamado O Vestido de Noiva, da mesma autora de Decades of Fashion e Classics of Fashion, Harriet Worsley.

O livro traz uma seleção de fotos dos mais belos vestidos já criados por grifes como Chanel, YSL, John Galliano, Vera Wang, Vivienne Westwood, entre outros, desde 1900. Os vestidos de noiva de princesas e divas de todo o mundo, como Grace Kelly e Audrey Hepburn. Além de acessórios, véus, buquês, grinaldas, e todos os demais complementos para o  vestido mais importante da vida de uma mulher. 

Mas, o mais bacana é que o livro, além de muito bem ilustrado e inspirador, é também muito informativo. Ao longo dele, Harriet fala sobre as cerimônias em vários tipos de culturas e apresenta mais de 300 opções de modelos, num encontro entre a tradição e a alta-costura . Uma ótima fonte de consulta para noivas, figurinistas, estilistas, estudantes de moda, e todos os demais profissionais envolvidos com o mundo da moda.
 
Maridos (namorados, noivos, amigados, etc.), essa é a minha sugestão de presente para o Dia dos Namorados!

O Vestido de Noiva 
Autora: Harriet Worsley
Editora: Publifolha
320 páginas
R$ 69,90

Read more...

Eu (coração) Etsy... mais uma vez.

>> quarta-feira, 12 de maio de 2010


Que eu sou apaixonada pelo Etsy todas já estão carecas de saber. Para o meu casamento, várias coisinhas vem de lá. Agora, que as compras nas lojas virtuais de lá dão certo, acho que nunca disse. Experimentei duas vezes e adorei o atendimento dos dois fornecedores, a rapidez para responder meus e-mails, a gentileza de adaptar produtos que não eram exatamente o que eu precisava, transformando-os em peças que atendem perfeitamente às minhas necessidades e a agilidade das entregas .

Não pedi as entregas no Brasil, simplesmente porque fujo do serviço dos Correios como o diabo foge da cruz, mas já soube de outras pessoas que usaram o serviço de entrega aqui sem maiores problemas. O que não foi o caso da Jacke (nada a ver com o Etsy, a loja em questão nem era de lá, mas deu um trabalhão receber a encomenda, graças aos Correios), mas, enfim, essa já é uma outra história... Passem lá no blog dela pra ler sobre a saga do vestido de noiva e o serviço tenebroso dos Correios aqui no Brasil.

Mas, voltando ao Etsy, passeando por lá hoje, tive mais algumas agradáveis surpresas. Sugiro que todas dêem uma passadinha para conhecer essas lojas de acessórios para cabelos de noivas, mães e madrinhas:





























Vale à pena. Mesmo que seja só para buscar inspiração.

Read more...

De que árvore você caiu?

>> terça-feira, 11 de maio de 2010


Há alguns meses decidi que queria oferecer algum passatempo aos convidados do meu casamento, durante aquele período que eu, pessoalmente, acho meio chatinho, que é quando a pista de dança ainda não foi liberada, e todos aguardam a entrada dos recém-casados, sabe?

Fui lá no site da Martha Stewart e encontrei um brincadeira interessante que ajuda a pessoa a descobrir, de acordo com a data de nascimento, de que árvore ela "caiu", e apartir disso define o tipo de pessoa que ela é. Como tem tudo a ver com o estilo da minha festa, salvei o modelo que eles disponibilizavam no site, traduzi para o português e montei o folheto no Corel. Ficou assim:



Desde que disponibilizei a versão em português no Capitu vai Casar!, tem feito o maior sucesso. Dezenas
de pessoas já me pediram a cópia do arquivo por e-mail, e eu enviei. A mais recente foi a Dani Garavello, que fez uma adaptação do arquivo para um banner e usou na decoração da festa de aniversário do marido. O resultado foi esse aqui:


Então, como o resultado que a Dani conseguiu me animou muito, a partir de agora, para facilitar a vida de quem precisa do modelo (e a minha também, já que não vou mais precisar encaminhar o email com a versão diversas vezes...rs), disponibilizei os arquivos aqui:


É só clicar e baixar.
Um dos arquivos é o modelo já em JPG, que só precisa ser impresso. O outro é o modelo em Corel, caso você precise fazer alguma alteração, como a Dani fez. E o terceiro é o arquivo com a descrição de fontes e cores utilizadas, para quem for manipular o arquivo do Corel ter a versão exatamente igual a da foto no início do post.

Façam muito bom proveito! E mandem fotos!   

Read more...

SDU - CGH

>> quinta-feira, 6 de maio de 2010



Estou saindo de "licença" por alguns dias, até que minha internet esteja instalada no apartamento novo.
Sobre a mudança para SP, o que posso dizer é que ainda não está sendo tão difícil quanto eu imaginava. Mas, isso não quer dizer que não esteja sendo muito triste, apesar dos motivos serem felizes.

A única coisa que eu consigo pensar nesse momento é que, graças à Deus, volto ao Rio no próximo mês, só que como "turista". Não vejo a hora de estar dentro do avião para poder, como sempre, cantarolar o Samba do Avião. E vai ser assim até que eu me acostume com São Paulo e consiga cantarolar Sampa com alegria.

Mas, não pensem que estou arrasada e arrependida da mudança, não, hein! É que mudança é difícil mesmo. Ainda mais quando o que a gente tem que deixar é nada mais, nada menos do que o único lugar no mundo que conhecemos como lar.

Já, já, estarei de volta, muito menos melancólica...rs. Prometo!
Beijos

Read more...

Ode aos curtos





Imagens: Net-a-porter

Read more...

Casarei

>> sábado, 1 de maio de 2010


Hoje o post é rapidinho (porque estou até aqui de caixas para arrumar por conta da minha mudança para SP amanhã), só para chamar atenção para dois posts do blog Casarei:




Muito bom, fala sobre a padronização, ao invés da personalização de convites e do casamento em geral. Tem um ponto de vista muito interessante. Acho que todo mundo deveria ler.

Sobre a diferença entre as palavras wedding e marriage. E nos faz refletir se estamos realmente preparadas para o que vem depois da festa de casamento.

O primeiro post eu gosto muito porque também concordo que os noivos "tem que" pouquíssimas coisas. Tem que usar o bom senso, tem que se amar e tem que ser feliz nas suas escolhas. De resto, não "tem que" nada!
E o segundo eu gosto porque é a mais pura verdade. Acho que a gente precisa parar um pouco e pensar que casamento mesmo é o que vem depois. A festa, claro, é importante. Mas não é o mais importante. Então, se o que você pode fazer para celebrar esse dia é pouco na frente do que gostaria, faça esse pouco muito feliz, e concentre seus esforços no felizes para sempre.

E passa lá no Casarei. Vale à pena.

Read more...