Especial Primavera 4: O básico sobre Cores

>> sábado, 26 de setembro de 2009


Se você não entende nada sobre combinação de cores, essa é uma ótima oportunidade para aprender um pouquinho e conseguir um efeito harmonioso na decoração da sua festa. Aproveitando que estamos na primavera, vamos perder o medo de colorir!

Às vezes, a gente vê uma combinação de cores em uma festa, acha linda e pensa que nunca na vida imaginaríamos usá-las, até aquele dia. Por exemplo, verde com roxo e amarelo com azul. Pode ser difícil imaginar, mas se você souber usar os tons certos de cada uma, pode dar super certo, sim!
Por isso, antes de escolher as cores da sua decoração, é bom você saber o básico. Ouvimos falar muito sobre cores primárias, secundárias e terciárias. Parece coisa de designer, que você nunca vai precisar saber. Deixa na mão da sua decoradora e ela resolve tudo, certo? Errado. É muito importante você ter alguma noção sobre o assunto, até para não correr o risco de chegar na sua festa e ver uma salada de cores desarmoniosas, que até você que não entende "bulufas" do assunto jamais teria feito.

Então, aí vai um tutorial básico sobre o assunto:

Cores Primárias - são aquelas de não podem ser obtidas a partir da mistura de outras cores. São as cores básicas, a partir das quais, todas as demais são obtidas. A cores primárias são:  vermelhoazul e amarelo.

Cores Secundárias - são aquelas originadas pela mistura de duas cores primárias. Misture azul com amarelo e obterá o verde. Misture amarelo com vermelho e obterá o laranja. Misture o azul com o vermelho e obterá o violeta.

Cores Terciárias - são as cores que se consegue misturando uma cor primária com uma cor secundária. Por exemplo: o amarelo alaranjado se consegue misturando o amarelo (primário) com o laranja (secundário). E assim vai.

O resultado desse teste é o Círculo Cromático, que serve para orientar na mistura e escolha das cores.



Para obter a melhor combinação entre duas cores, basta olhar no círculo a cor imediatamente oposta à cor escolhida. Por exemplo, na imagem acima, a cor imediatamente oposta ao verde é o roxo, e ao amarelo é o azul. Aquela combinação de cores aparentemente esquisita que a gente citou lá em cima, lembra?
E nessa combinação vale a regra de que devemos sempre combinar tons com a mesma intensidade. Isto é, azul forte com amarelo forte e azul pastel com amarelo pastel.

Cores Quentes
São o amarelo e o vermelho, assim como as outras cores em que eles prevalecem.

Cores Frias
São o azul e o verde, assim como as outras cores em que eles prevalecem.


Cores Complementares
São as cores opostas no círculo cromático. Tem muito contraste entre si e servem para dar destaque a uma composição.

Cores Complementares Diretas
É quando se usa uma cor do círculo e sua cor oposta. Se o que você procura é contraste, esta é a combinação perfeita.






Cores Complementares Duplas
É quando se usa duas cores e suas complementares. Suas vantagens são as riquezas de cores e aumento do contraste.





Cores Complementares Divididas
É quando se usa uma cor junto com as duas vizinhas da complementar direta. Aprimora a harmonia e interrompe o constraste instantâneo. Ainda é constraste, só que mais sutil.






Cores Análogas
São as cores que tem uma cor base em comum e não há contraste. São aquelas que estão vizinhas no círculo cromático. Quando usadas, não dão contraste na composição.

Cores Análogas Simples
É quando se usa 3 cores vizinhas no círculo cromático. Estas cores não tem constraste entre si, pois tem a cor de base em comum.




Cores Análogas Compostas
É quando se usa 4 cores que são vizinhas no círculo cromático.





Cores Análogas com uma Complementar
É quando se usa uma sequência de três cores mais a complementar da cor do meio.






Harmônicas
Trios Harmônicos (Tríade)
É quando se usa qualquer cor do círculo, deixando as três seguintes e usando a quarta, como na imagem abaixo:





Harmonia 90°
É quando as cores usadas formam um quadrado. Escolhe-se uma cor deixando as duas seguintes de fora e usando a terceira, como na imagem abaixo:





Harmonia 60º
É quando se usa 3 cores intercaladas. Uma combinação com extremo contraste e pede uma certa intimidade no uso delas. É melhor você virar expert no assunto antes de tentar essa.





Monocromia
Um esquema de cor de monocromia é uma única cor (primária, secundária ou terciária) e suas variações em termos de tons, contrastes e saturação. É o que chamamos de ton-sur-ton. Usar essa combinação de cores é quase sempre bom. Apenas, tome cuidado para não tornar sua combinação monótona.





É claro que apenas lendo isso aqui você não virar expert no assunto. Nem muito menos se basear totalmente nesse post na hora de escolher as cores da sua decoração. Existe uma infinidade de combinações de cores e tons possíveis, e se você quiser acertar vai precisar da ajuda de um bom decorador. Mas, pelo menos, agora você já sabe o básico, e isso pode te ajudar bastante.

Ok, tudo muito teórico, eu concordo. Mas, antes de se aventurar no mundo da decoração, nós profissionais precisamos nos aprofundar muito mais nesse assunto, acredite. E, você, aprendendo um pouquinho sobre o uso das cores, pode "abusar" um pouco mais na sua decoração, mesmo que esteja fazendo tudo sem a ajuda de um profissional. Não precisa ficar presa àquelas combinações que a gente vê o tempo todo de...

rosa com branco, verde com branco, azul com branco, amarelo com branco, lilás com branco, vermelho com branco...


É primavera! Coloque cores na sua festa!


Fontes e imagens: wikipédia, agenciapro, mundocor e apostila de Teoria da Cor, do curso de Design de Interiores, da Universidade Estácio de Sá.

3 comentários:

Michelle 26 de setembro de 2009 18:51  

Estou adorando o especial primavera, tudo muito bem explicado.

bjos

Raquel 29 de setembro de 2009 09:44  

Maravilhoso esse post!

Ju 5 de outubro de 2009 23:03  

Amei esse post!!! Dá vontade de imprimir e colar num caderninho!!!

Olha, amei ainda mais a trilha sonora do seu blog!!!

beijos, Ju