>> terça-feira, 5 de janeiro de 2010

Me conta seu conto?



É oficial: quando a gente está apaixonada quer gritar para o mundo! Eu estou muito apaixonada há 4 anos, sem parar! E quando a gente se sente assim tão feliz fica boba, adora ouvir outras histórias de amor, não cansa de assistir filmes água com açúcar, daqueles que nos deixa suspirando por uns três dias seguidos. Quando estamos felizes é bom demais ver gente feliz, não é? Por isso eu queria que você me contasse a sua história de amor também! Queria fazer uma Galeria Love Story aqui no blog. Assim mesmo, Love Story, bem cafoninha. E a intenção é exatamente essa. Porque quando o assunto é o amor, a gente pode pedir licença para ser cafona.! Então não fica com medo de exagerar nos detalhes mais bregas, tá? Se é amor a gente perdoa. E dá até força!

Vou começar contando a minha (resumidamente) pra você perder o medo e mandar a sua, combinado?

***************************


"Eu e Rafa nos conhecemos no dia 05 de novembro de 2005. Desde então, começamos a construir uma história de amor, amizade e companheirismo, tijolo por tijolo. Dividimos momentos de muita felicidade, e outros nem tão felizes assim. E por incrível que pareça, foram os momentos difícies que nos mostraram o quanto precisamos um do outro.
Março de 2008 foi o mês mais difícil, desde que nos conhecemos. Depois de 7 anos morando no Rio de Janeiro, Rafa mudou para São Paulo para começar um novo trabalho. Imediatmente, tivemos certeza de que essa mudança seria um divisor de águas no nosso relacionamento. Ou ficaríamos ainda mais próximos, apesar da distância, ou nos separaríamos de vez. Escolhemos a primeira opção, simplesmente porque a vida não teria o menor sentido sem o outro.

Foram infinitas horas nas salas de espera de aeroportos e rodoviárias em troca de alguns fins de semana juntos. O equivalente a mais de 3 meses na estrada, viajando entre uma cidade e outra. Dezenas de despedidas com o coração na mão, esperando pelo dia em que não teríamos mais que dizer "tchau, até semana que vem".
No dia 30 de abril de 2009 (meu aniversário), decidimos dar fim aos dias separados. Chegamos a conclusão que o melhor seria que eu abrisse mão da minha vida no Rio de Janeiro, para começar uma nova vida em São Paulo, ao lado do homem que escolhi para amar. Ele me pediu em casamento. Desde então, ando às voltas com os preparativos do nosso dia perfeito. Com direito a presença dos nossos amigos e familiares mais queridos, e muita, muita festa. Tudo isso para celebrar o início de uma vida inteira dormindo e acordando juntos e a vitória de um amor inevitável."
Michele
***************************

Breguinha, né? Adooooooro!
Agora eu quero saber a sua! E que seu e-mail venha acompanhado de uma foto do casal para ilustrar.

6 comentários:

Jackeline Mota 5 de janeiro de 2010 23:02  

Adorei, Mi!
Linda história, lindo casal!
Vcs merecem toda a felicidade.
bjs,

Laura A.L 6 de janeiro de 2010 00:05  

Breguinha...que isso menina, isso é AMOR. Quantas aguentariam essa distância?
Laura

Janete Pimenta 6 de janeiro de 2010 00:34  

ai que lindo...mas nem ligue, se isso é ser brega, então o amor é a breguice mais linda do mundo! rsrsrsrrsrs...
beijos
Jan

Letícia 6 de janeiro de 2010 10:10  

Tá bom Mi! Vou me inspirar e mandar minha love story tb!!!Que é o contrário da sua!!

Bjux pro casal sucesso!!

Ju 13 de janeiro de 2010 10:28  

Linda história!!!

Não esqueci deste post não... só preciso de um tempinho para escrever a minha história para te mandar ;)

Sandra 15 de janeiro de 2010 22:51  

Estava no consultório esperando para ser atendida peguei uma revista e vi a festa de aniversário motivo piquenique fiquei encantada pois a minha filha esta montando um blog Construindo Laços e está preparando uma festa para o filho da amiga dela com o tema Cachorro.
Parabéns.
Vou falar para a Tatiana entrar no seu site.